E agora! O que gera valor no processo de Manutenção?

E agora! O que gera valor no processo de Manutenção?

O momento em que estamos vivendo é atípico para a maioria das pessoas e empresas. Nem no mais assertivo planejamento estratégico foi possível antecipar estratégias e ações para prever condições tão adversas provocadas por uma pandemia global e seus efeitos.

Em meio a isso, seguimos em frente nos preparando para superar os desafios, nos reorganizando para entregar soluções ágeis e enxutas com máxima eficiência e respeitando o bem-estar das pessoas.

Por esse motivo, é essencial aprimorar nossa visão sistêmica para analisar o novo cenário em que a manutenção está inserida. E, acima de tudo, enxergar os problemas como oportunidades de melhoria, ter competência e ser proativos para inovar em ações que agreguem valor com os recursos disponíveis.

Então, a situação impõe que o gestor e a equipe de manutenção façam uma avaliação crítica do planejamento estratégico da manutenção com a finalidade de revisitar, realinhar e desenvolver novas estratégias e ações capazes de contribuir efetivamente para gerar confiança, segurança e coragem para transpor as incertezas e condições adversas do ambiente externo e interno.

Sugerimos a aplicação da Análise SWOT para entender e colaborar no desenvolvimento de um ambiente da manutenção sustentável, por tratar-se de uma ferramenta eficaz e simples, é utilizada no Lean.

Essa ferramenta auxilia na análise das forças, fraquezas, oportunidades e ameaças de um negócio. E, no caso, consideramos o processo de Manutenção como um negócio.

Em relação ao Ambiente Externo, as Oportunidades se referem ao que está disponível no mercado, mas atenção elas devem estar alinhadas à visão estratégica da organização. Já as Ameaças incluem o que potencialmente pode acontecer para prejudicar a performance do negócio.

Para aplicar essa ferramenta de forma assertiva na Manutenção, quando analisamos as oportunidades e ameaças, precisamos responder as seguintes perguntas:

Oportunidades

Ameaças
Quais são as oportunidades disponíveis para sua empresa?
Como detectar e aproveitar essas oportunidades emergentes?
Quais são as ameaças que podem prejudicar sua empresa?
Que estratégias podem ser aplicadas para eliminar essas ameaças?

Fique atento, porque as oportunidades para Manutenção podem ficar mais evidentes quando se considera as demais áreas da organização como parte de seu ambiente externo.

Da mesma forma, quando consultamos o planejamento estratégico da empresa, temos acesso a muitas informações relevantes, como por exemplo, a situação de mercado para empresa e quais são seus objetivos e metas.

É fundamental entender, que as ameaças do ambiente externo que atingem a organização também impactam na Manutenção.

No Ambiente Interno, devemos saber que as  Forças são os atributos únicos da Manutenção, que contribuem diretamente para alcançar os seus objetivos. As Fraquezas se referem ao que a Manutenção poderia fazer melhor e o que a afasta dos seus objetivos.

Para facilitar a análise, recomendamos que responda as seguintes perguntas:

Forças

Fraquezas

Quais são os pontos fortes de sua manutenção?
Como aproveitar esses pontos fortes?
Quais são os pontos fracos de sua manutenção?
Que estratégias podem ser desenvolvidas para melhorar essa situação?

Quando analisamos o ambiente interno, precisamos usar uma “lupa” para enxergar no detalhe o processo de manutenção. Aqui cabe salientar, que o objetivo é traçar a situação real da manutenção, por isso, devemos ser honestos e críticos ao analisar.

Portanto, a análise do cenário com a caracterização do ambiente interno e externo da manutenção feita a partir de vários pontos de vista revela as vantagens e desvantagens internas bem como os aspectos externos positivos e negativos. Isso, fornece bases confiáveis para a tomada de decisão, prever e prevenir situações negativas, identificar os gaps´s (melhorias e capacitação) e o que se faz de melhor.

 

Dicas Gênesis para o Gestor:

Depois de evidenciar os pontos positivos e os pontos a melhorar na Análise SWOT será fundamental fazer a correlação entre os quadrantes, ou seja, estabelecer a relação e a interdependência entre as forças, fraquezas, oportunidades ameaças a fim de potencializar as melhores estratégias e ações.  Para isso, precisamos responder:

  • Forças podem potencializar quais oportunidades?
  • Forças podem combater quais ameaças?
  • Fraquezas podem prejudicar quais oportunidades?
  • Fraquezas podem potencializar quais ameaças?

Ao fazer a análise de correlação, podemos alavancar uma oportunidade ou amenizar uma ameaça com o auxílio de um conjunto de pontos fortes. Ou podemos descartar uma oportunidade ou ameaça devido aos pontos fracos por contribuir para a vulnerabilidade do processo de manutenção.

Autores: Mara Rejane Fernandes Dias e Moisés Fernandes Dias

Se quiser aplicar, solicite o PDF Análise SWOT: aprendizagemdigital@genesisrs.com.br