Entenda as perspectivas para o desenvolvimento da Equipe de Manutenção!

Entenda as perspectivas para o desenvolvimento da Equipe de Manutenção!

Quando se amplia a percepção a respeito dos resultados obtidos e das metas superadas a partir do trabalho integrado e colaborativo da equipe de manutenção e se alinha os elementos agregadores (estratégia, processos e pessoas) ao papel dos protagonistas (equipe, líder gestor, parceiros e influenciadores) surgem as seis perspectivas para o desenvolvimento de equipes de manutenção de alta performance.

1.    Propósito e Comprometimento

O comprometimento para cumprir o propósito significa realizar o que se propôs a fazer, ser coerente em suas atitudes, comportamentos e palavras para alcançar o que se pretende ser. A visão e o propósito da manutenção devem “pertencer” a todos os seus membros.

Lembre que em uma equipe, os acordos não podem ser unilaterais, todos têm que compreendê-los e assumir o compromisso de cumpri-los

O foco é garantir o desempenho dos ativos com custo adequado e reduzindo os riscos.

 

2.    Mindset e Estratégia

A mentalidade de crescimento para potencializar a estratégia significa enxergar os problemas existentes no setor de manutenção como oportunidades de praticar a melhoria contínua, visando chegar onde se quer chegar. E, com isso, traçar um plano estratégico com ações capazes de eliminar os gap’s encontrados e alcançar os objetivos e metas estabelecidas.

Lembre que é preciso estabelecer as diretrizes da manutenção com a  finalidade de aumentar seu desempenho: mantenabilidade (agilidade na intervenção), confiabilidade (não falhar) e proatividade (melhoria continua). Aliado a isso, a implementação das boas práticas referentes a cada uma das diretrizes.

O foco é desenvolver seu próprio Sistema de Gestão da Manutenção a partir das Diretrizes, Mantenabilidade, Confiabilidade, Proatividade e Excelência.

 

3.    Responsabilidade e Autonomia

A autonomia com responsabilidade significa tomar decisões assertivas se baseando em informações claras e confiáveis com capacidade e consciência de responder por suas ações.

Lembre que ao organizar ou reformular a estrutura do setor de manutenção é essencial compreender qual o papel que cada profissional desempenha, suas obrigações e o poder de decisão que lhes é confiado. Então, prepare-se e tenha domínio de sua função!

O foco é identificar e solucionar um problema no momento em que ocorre.

 

4.    Controle e Confiança

Mais confiança e menos controle significa acreditar que sua equipe de manutenção possui competência (conhecimentos, habilidades e atitudes) para exercer suas funções com credibilidade, qualidade e segurança, por isso as métricas devem ser otimizadas.

Lembre que para estabelecer uma relação de confiança também é necessário dar oportunidades para a colaboração dos indivíduos na tomada de decisão com o intuito de resolver problemas, melhorar práticas e processos.

O foco é estabelecer critérios para medir a qualidade dos serviços de manutenção.

 

5.    Infraestrutura e Recursos

A infraestrutura adequada e otimização dos recursos é a comprovação de que existe um suporte adequado para o funcionamento da estrutura instalada com a garantia de obter os recursos financeiro, tecnologia, tempo, informações, equipamentos e administrativos para realização das atividades propostas.

Lembre que a utilização ótima da infraestrutura está relacionada com a eliminação dos  desperdícios do processo de manutenção: trabalho improdutivo, movimentações desnecessárias, má utilização dos equipamentos, tempo de espera, repetição do trabalho, gestão de dados ineficaz, má gestão do inventário e mau aproveitamento do potencial humano.

O foco é auxiliar as pessoas a ser mais produtivas e executar suas atividades com qualidade e segurança contribuindo para o aumento da disponibilidade dos ativos.

 

6.    Excelência e Satisfação do Cliente

A excelência para satisfação dos clientes significa agregar valor para a própria empresa, funcionários, consumidores, comunidade e entregar serviços de alto valor agregado para os clientes da manutenção.

Lembre que a satisfação dos clientes determina o sucesso ou o fracasso de um negócio, por isso, a necessidade de ouvi-lo. Além disso, é fundamental que a manutenção tenha processos efetivos e simples, elimine os desperdícios, faça pleno uso dos recursos e, prioritariamente, desenvolva as pessoas.

O foco é praticar a aprendizagem e a melhoria continua.

 

Atenção, antes de responder qual é o seu propósito você precisa saber o que quer ser.

No caso da manutenção: O que quer ser? Um setor que “apaga incêndios” e espera os equipamentos quebrarem para consertá-los? Ou Quer garantir o desempenho dos ativos com custo adequado e reduzindo os riscos?

Portanto, quando os membros da equipe de manutenção começam a amadurecer e compreender o propósito e os objetivos da manutenção fica evidente o quanto de comprometimento será necessário para:

    • Garantir a máxima disponibilidade;
    • Reduzir os custos da organização;
    • Reduzir o tempo de paradas;
    • Criar valor para os clientes;
    • Desenvolver as pessoas;
    • Promover a cultura de melhoria contínua.

E, da mesma forma, fazer a manutenção de instalações e equipamentos; dar rápida reposta aos pedidos de clientes; executar o plano de manutenção planejada; otimizar o estoque de peças sobressalentes e materiais; aumentar o ciclo de vida dos ativos; reduzir o custo total do ativo.

Igualmente, sensibilizar para a manutenção autônoma; desenvolver os sistemas à prova de falha; melhorar a qualidade e segurança; reduzir os tempos de intervenção; conscientizar sobre o envolvimento e fortalecimento de todos

 Dicas GÊNESIS para o Gestor:

Você tem uma visão clara e plena certeza do porquê a equipe de manutenção está sendo formada:

    • Qual a “dor” que a equipe de manutenção irá ajudar a curar?
    • Qual é o propósito da equipe de manutenção?
    • Quais competências, características e comportamentos que seus membros deverão possuir individualmente e em grupo que contribuirão para cumprir o propósito da manutenção?
    • Que tipo de equipe de manutenção será necessária?
    • Em que momentos a equipe de manutenção será colaborativa e interdependente?
    • Que ação cada profissional da manutenção deverá tomar para ser um melhor membro da equipe, que provavelmente melhorará o desempenho e os resultados da equipe?
    • Como medir a efetividade das soluções propostas ou implementadas pela equipe?
    • Quanto tempo essa equipe irá atuar?
    • O que determina se uma equipe de manutenção será desfeita ou melhorada?

 

Você quer receber o artigo completo sobre Como Formar Equipes de Manutenção de Alta Performance, apresentado no 34º Congresso da ABRAMAN em outubro de 2019, entre em contato pelo e-mail mara@genesisrs.com.br  que te envio.

 

Autores: Mara Rejane Fernandes e Moisés Fernandes Dias.